Organizadora do programa CEO Por Um Dia, a consultoria britânica Odgers Berndtson já tem um balanço preliminar dos inscritos até agora. De acordo com o sócio-diretor da empresa, Pedro Heer,  65% dos inscritos são do sexo masculino e 60% são de São Paulo e cidades próximas como Campinas e ABC. “Os cursos de engenharia predominam e talvez isso explique o número menor de mulheres”, afirma ele acrescentando que o programa CEO Por Um Dia não tem restrição quanto à área de graduação. “Tanto que recebemos inscrições de estudantes de farmácia, biomedicina, psicologia e arquitetura, por exemplo.” A única restrição, lembra o executivo, é quanto ao período do curso. “Os estudantes devem estar prestes a finalizar o curso”, afirma Heer.

Rodrigo Davoli, CEO da International Paper. Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Mas se a expectativa de quem quer participar é grande, a de quem já tem vaga garantida não é menor.  “É uma grande oportunidade para nós também, de mostrar nossos valores e, se pudermos influenciar de alguma forma o caminho desse jovem será muito gratificante”, afirma Rodrigo Davoli, CEO da International Paper e um dos CEOs  participantes da edição deste ano do CEO Por Um Dia. “Há duas décadas eu estava na mesma fase da carreira e agora vou poder retribuir, além de aprender com o jovem que vier passar o dia conosco”, completa João Bosco Silveira Júnior, CEO da Terphane.

As inscrições para o CEO Por Um Dia terminam na próxima segunda-feira, dia 9 e podem ser realizadas neste site , onde os candidatos encontram também todas as informações sobre o regulamento. O CEO Por Um Dia está em sua quarta edição no Brasil e  é realizado em parceria com o  Estadão, a PDA International, Machado Meyer Advogados e Centro de Carreiras da FGV Eaesp.